PF indicia Lula por corrupção passiva em compra de MPs, diz site

O petista teria participado na venda da Medida Provisória 471, a MP dos Refis, que estendeu incentivo fiscal a montadoras

Lula Marcelo OdebrechtLula: o ex-ministro Gilberto Carvalho também foi indiciado pela PF (Adriano Machado/Reuters)


São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi indiciado pela Polícia Federal por suspeita de corrupção passiva em novo desdobramento da Operação Zelotes.
O petista teria participado na venda da Medida Provisória 471, a MP dos Refis, que estendeu incentivo fiscal a montadoras do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. 
A imagem pode conter: 3 pessoas, barba e texto
Segundo o portal de notícias G1, outras 12 pessoas foram indiciadas pela PF, incluindo o ex-ministro Gilberto Carvalho, o ex-presidente da Mitsubishi Paulo Ferraz, o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, da CAOA, e lobistas. 
Lula já é réu por suposta participação da compra da MP 627/2013. Se o Ministério Público considerar que há provas suficientes do crime, apresentará a denúncia à Justiça e o ex-presidente será réu pela segunda vez em um caso de compra de Medidas Provisórias. Ele já é réu em cinco ações penais.