Apostilas Opção

http://www.apostilasopcao.com.br/apostilas.php?afiliado=13516

Não renunciarei, diz Michel Temer em pronunciamento na TV

Não renunciarei

Segundo ele, investigação pelo STF vai tirar todas as dúvidas sobre o episódio




access_time18 maio 2017, 16h16 - Atualizado em 18 maio 2017, 16h19
O presidente Michel Temer (PMDB) acaba de afirmar em pronunciamento oficial que não irá renunciar em razão das denúncias feitas pelo empresário Joesley Batista em delação premiada homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

“Não renunciarei, sei da correção dos meus atos”, diz Temer

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), abriu um inquérito contra o presidente

São Paulo – O presidente Michel Temer afirmou em pronunciamento nesta quinta-feira (18) que não irá renunciar depois de depoimento do empresário Joesley Batista, um dos controladores do grupo J&F, cujo conteúdo foi divulgado na noite de ontem pelo jornal O Globo. “Não renunciarei, sei da correção dos meus atos”, disse Temer.
Ele é acusado de supostamente ter dado aval para a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Operação Lava Jato. O diálogo teria sido gravado pelo empresário Joesley Batista, um dos controladores do grupo J&F.
“Ouvi o relato de um empresário que, por ter relação com ex-deputado, auxiliava a família do ex-deputado. Não solicitei que isso acontecesse. Só tive conhecimento desse fato nessa conversa com esse empresário. Não comprei silêncio de ninguém”, afirmou o presidente.
E continuou: “Não temo nenhuma delação, não preciso de cargo público, nem de foro especial. Nada tenho a esconder. Sempre honrei meu nome”, disse.
No início da tarde de hoje (18), o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), abriu um inquérito contra o presidente a pedido da Procuradoria-Geral da República.
Segundo o presidente, durante a investigação no STF, ele irá demonstrar que não tem nenhuma culpa. “Tanto esforço e dificuldades superadas, meu único compromisso é com o Brasil e só isso me guiará”, concluiu.

magazine Luiza